sexta-feira, 30 de abril de 2010

Que raiva vocês me dão!

Pensam que têm mania, armão'se em maus, mandam bocas, fazem gestos...deviam era receber a prenda que eu tenho para vocês.
Cada vez abusam mais e eu vou saturando cada vez mais. Emgraçado e bonito, hum ?
Tratam'me como se fosse um retardado, só pode, para pensarem que eu não vos vejo, não vos ouço! Pensam mal.
Sei sempre onde estão, o que dizem, o que fazem. Sei quando estão a reunir'se para me daram importância, sei quando estão a fazer gestos uns aos outros sobre mim. Sei quando estão a falar de mim. Sei quando estão a falar para mim.
Vocês têm sorte e um grande azar ao mesmo tempo.
Eu sou paciente, racional e esperto. Não vos ligo nenhuma e ignoro'vos ao máximo, fingo que vocês não existem e não entro em conflitos. O vosso grande azar é que, apesar de, ser muito paciente, eu tenho limites. E vocês não querem, não querem mesmo, chegar ao meu limite, porque também sei jogar à vossa maneira. [Além disso ele têm'me a mim, e vou com ele até ao fim do mundo..(Gaby)]

Um dia, sai'vos a minha sorte grande.

2 comentários:

Qéé disse...

espero que esse dia esteja quase a chegar, porque irei até ao fim do mundo por ti, tal como ela.

Phantomrider @ disse...

Parece que estás a planear algo maléfico esses gajos o.o
Vá, vá e só para ser diferente delas, eu não vou até ao fim do mundo contigo, mas vou até ao final do bairro por ti. Serve? xD

Tosco!