sábado, 7 de agosto de 2010

LOOK.

Descobri o olhar da minha vida.

O olhar mais profundo e sentido que alguma vez vi. É algo que me preenche todo o meu vazio, algo que me queima a alma. Perplexo, sem conseguir falar, é como eu fico sempre que aqueles olhos tocam os meus. Sempre que o nosso olhar se cruza. Estou aqui, e só penso/relembro tal sentimento. Passo horas e horas sem tentar dar nas vistas, e sem grandes resultados, a olhar para ti. A tua pouca beleza, é estonteante. O teu sorriso, que de perfeito, nada tem, ilumina-me por dentro. O teu cabelo, despenteado como sempre, faz-me cócegas no nariz. As tuas calças de ganga, rotas, que são sempre as mesmas, juntamente com as tuas t-shirts, amarrotadas, fazem-me sorrir. Mas o que me mata mesmo, é o teu olhar.

Já morri ontem e hoje. Mas como eu amo que me mates, vou morrer again daqui a minutos $: Se fosses como eu, assim, eu não te deixava escapar. O quanto eu estou louco por ti, $:


(Tenho fotos novas no face e no hi5)

6 comentários:

Ki disse...

<3

Marta D'Almeida disse...

o melhor amigo do blog és de certeza :DD

Marilena' disse...

gostei :p

Tatá disse...

tão, mas tão lindo o texto. belissimo blog, digo mesmo.

Marta D'Almeida disse...

pois é Alex, é mesmo.

danó disse...

Deafio no meu blog, Alexandre :b