domingo, 4 de julho de 2010

Não houve.

Ontem não houve, ele não veio. Estragou'me os planos, estragou'me estragou'me estragou'me. Mas deixa'o estar assim, longe e inexistente.. quando ele voltar vai ser a doer. Vai tudo para o outro mundo, tão depressa como dizer xau. E é se conseguirem pensar em dizer antes de ele cair e tudo apagar. Quando chegares, oh grandioso nevoeiro, eu vou entrar a matar.


PS: Hoje, talvez mesmo agora, vou tratar das coisas que tinha a fazer aqui na blogoesfera.

2 comentários:

Qéé disse...

coitado do nevoeiro, :|

Phantomrider @ disse...

É porque onde tu vives é estúpido, porque aqui houve nevoeiro o.o [pelo menos lembrou-me de a minha mãe refilar com isso]