quarta-feira, 5 de maio de 2010

Vibração.

Tudo vibra!
Incluindo as minhas veias com a velocidade do sangue que as percorre. O meu coração tem mais potência que qualquer motor, para poder bombear tanta quantidade de sangue a tamanha velocidade! Não há números possiveis para medir com precisão esta conta de dígitos ilegíveis. Os glóbulos ao roçarem'se uns nos outros, ao embaterem contra as paredes das minhas veias, fazem um estrondo tão alto, tão forte, tão batido, tão vibrante, que se torna  audível para mim.


As minhas veias ardem com estas sinfonias musicais!

4 comentários:

Paulo disse...

Podes crer, tudo vibra :b

Parti-me a rir com "os glóbulos ao roçarem'se uns nos outros".

Qéé disse...

quando morreres esvaído em sangue, não há veias que façam esse corpo mover-se, :U

Paulo disse...

Veremos como vou sair disto ..

Phantomrider @ disse...

A Joana, é a rapariga que comenta o meu blog como Joanne, e que conheci atraáves do hi5 e do site dos Paramore. Conheci-a pessoalmente no dia do concerto. Satisfeito?