sábado, 6 de agosto de 2011

Aquele momento

em que me apercebo das coisas que não faço e devia fazer. O que não digo e devia dizer. O que sempre quis fazer e não faço. O que queria ouvir e não ouço. 


It's sad, for me. Have to chance it. 

4 comentários:

ana disse...

Por vezes, as coisas que não fazemos e devíamos fazer (achamos nós!) são aquelas que dão origem às que acabamos por fazer a seguir e que acabam por ter um papel fundamental na nossa vida. O mesmo acontece com o que não dizemos e "devíamos" ter dito, o que sempre quisemos fazer e ainda não fizemos ou que queremos ouvir e não ouvimos. O que consideramos importante pode afinal não o ser de todo. Tranquiliza-te com isso :)
(man, que comentário mais enorme xD)

Marta disse...

então e tu? sempre por cá?

Marta disse...

Então faz, diz e ouve :D

Incógnita disse...

temos todos momentos desses, que mais tarde nos arrependemos de nao termos feito diferente..