quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Sim, esta encomenda é ventosa.

Enquanto que o vento arrasta mundos lá fora, nós criamos aqui mesmo o nosso. Quentinhos e bem juntinhos, de maneira a que a tua respiração faça cócegas no meu pescoço. Tenho intenções de ficar aqui, a ver-te dormir, pela noite fora. Só para contemplar, só mais um vez, a tua beleza leve. Beijo-te a testa, aconchego mais a manta às curvas do teu corpo e sussurro um até amanhã. Fecho os olhos, e adormeço contigo.

13 comentários:

Manganet disse...

Oh que bonito :) bons sonhos então *

Ki disse...

Sabes bem que encomendei este tempo só para ti e não foi fácil negociar com São Pedro, ãh! xD

Qéé disse...

hoje é só mais um dia de vento e chuva, :'(

máffz. disse...

o que o vento faz às pessoas ... *-*

máffz. disse...

já vai aqui uma ventania ... xD
não, mais um bocadito :o

PauloSilva disse...

Talvez Alexandre :$

Que romântico este parágrafo meu caro amigo, quem sabe se não andas a passar noites assim , seu porquinho. Hm, tenho saudades tuas <3

PauloSilva disse...

Tu não misses me? :(

Qéé disse...

sim, tânia.

PauloSilva disse...

Então ai de ti que não mates, hoje, as saudades :D

Tânia Monteiro. disse...

Obrigada (:

PauloSilva disse...

Espero que sim Alexandre :x <3

dannó disse...

WOOOOOOOOOW , adorei *.*

PauloSilva disse...

*.*