quinta-feira, 18 de novembro de 2010

És tudo o que tenho na vida.

Hoje tive um sonho forte e estranho. Passo a citar:


Estava na praia que possuía um rio. Estava eu, a minha mãe, o meu tio (irmão da minha mãe) a minha tia e o meu primo. Até aqui, tudo bem. O problema estava nas idades, porque, para começar, o meu primo é mais novo dois anos na realidade e no sonho ele era uns 6 anos mais novo. E o mais estranho, era não ter irmã mais velha e um sobrinho e uma irmã gémea, como na realidade, mas sim dois irmãos novos, gémeos, com cerca de 5/6 anos. A minha irmã (no sonho) até era parecida com a minha irmã gémea na realidade, agora o meu irmão no sonho... nunca o vi. Estávamos na zona do rio para as crianças (meus irmãos e primo) tomarem banho, visto que o mar era muito perigoso para as crianças. Outro facto estranho, no inicio do rio (que parecia vir de uma barragem [wierd, i know]), vinham ondas de água. Coisas mínimas, mas vinham. Não perguntem o porquê, mas vinham. Ah, faltava explicar que no fim do rio e no inico da junção do mesmo com o mar, existiam umas rochas que, por acaso, estavam ligeiramente submersas. Pronto.
Imaginem o cenário e agora acrescentem: as crianças estavam a tomar banho e nadar ali perto e, da barragem, vem uma onda. A água, que me chegava a meio da canela, passou a chegar aos joelhos e as crianças, todas felizes, ficaram a boiar e a nadar. "ondaaas", gritaram. O meu primo, ficou perto dos mais e os meus irmãos foram semi-levados. A minha irmã toda feliz a nadar e o meu irmão, supostamente, também. Até que, quando eles passam por mim e pela minha mãe, reparo que o meu irmão não está a nadar, mas sim a ser arrastado. LITERALMENTE. A minha mãe, que estava a ver a cena, nada fez. "Mãe, o mano!" gritei quase a entrar em pânico, "oh, ele volta não te preocupes" disse ela. Lembro-me perfeitamente de ver a minha mãe de costas para mim a dizer-me isso. Cueca de fato de banho verde e a parte de cima acho que era azul escura ou algo semelhante. E, pelo canto do olho, ver a minha irmã, ainda perto a nadar, e o meu irmão já quase em cima das rochas com um ar cheio de medo a ser arrastado para as goelas do mar. "Vai morrer" pensei mesmo antes de desatar a correr. Corri que nem um doido pelo rio abaixo até, misteriosamente, descobrir que tinha água pela cintura. Atirei-me de cabeça para tentar ganhar tempo e nadar, mas caí mesmo em cima das rochas e fui, também, arrastado pela onde por cima das mesmas. Fiquei todo arranhado e quando finalmente conseguir agarrar o meu irmão e levantar-me, olhei para trás. Ninguém reparou em nada e a minha irmã vinha na boa a nadar. "Pára patrícia" disse eu levantando o braço "cuidado com as rochas!". "Ah nhaaa, não gosto de rochas" dito isto, virou-se e voltou para onde estávamos na maior das tranquilidades a nadar. 
Com o meu irmão, finalmente salvo, no meu colo do lado esquerdo, a tremer e agarrado a mim, disse-lhe "és a coisa mais importante que tenho na minha vida. O mano ama-te e nunca vai deixar que nada de mal te aconteça. Nunca!" prometi-lhe tal cousa com as lágrimas quase a escorrerem. Ao que ele respondeu "mano, tenho frio". Levei-o para a toalha, e lembro-me tão nitidamente de ver aquele corpinho pequenino todo molhado a tremer ao frio. Aqueles bracinhos fininhos à espera da toalha e embrulhei-o na sua toalha vermelha. O sonho acabou.


Ainda tenho as imagens a queimarem-me a mente. Sinto a agonia sempre que o vejo a ser arrastado e choro ao pensar no que lhe disse. Foi tão sentido que parecia real! Mas na verdade, não existe irmão mais novo nenhum nem salvei algum. Os sonhos, por vezes, são tão estranho.


(Se sonhei contigo, é porque existes. Só não estás comigo nesta vida e espero que saibas, que ainda te amo mesmo. Sempre foste e sempre serás a coisa mais importante na minha vida. Amo-te irmão.)

10 comentários:

Phantomrider @ disse...

É enorme para eu ler o.o

danó disse...

« Imaginem o cenário e agora acrescentem: as crianças estavam a tomar banho e nadar ali perto e, da barragem, vem uma onde. »
não será onda? xD


e adorei! está muiiitoo lindo. o sonho transmitiu o que realmente tu és, uma boa pessoa (:

Tânia Monteiro. disse...

ESTÁ MESMO LINDO ALEXANDRE :O

memoriesofadoll disse...

adorei

mariana fernandes disse...

Já sonhei que estavamos em guerra e eu só queria salvar o meu irmão.
Já sonhei que a minha melhor amiga se estava a matar.
Já sonhei com tanta coisa, que ninguém imagina. E é sempre uma aflição...

Qéé disse...

ai alexandre, --'

Tânia Monteiro. disse...

pois foi :x

uma louca pela vida... disse...

Nossa...sou um pouco mistica e acredito muito em sonhos, esse não quiz dizer nada que estas a passar em tua vida real???
ou que vai passar???
para e pensa um pouco, pode ser algo tumutuado que ira acontece, ou algo que tenhas que se prepara...pensa um pouquinho mas adorei o que diseste ao teu irmao, tambem tenho um e ele é o amor da minha vida, é tudo!

máffz. disse...

really ? ;b
I finally found someone who is not ashamed of himself ! :o

danó disse...

pode ter sido, mas mesmo assim não deixa de estar lindo (: