segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Einsteien descobriu a bússula aos cinco anos.

Ai, como é bom poder ser feliz. Poder continuar a olhar-te, como sempre olhei. Admirar essa tua, pouca, beleza nessa tua carinha redondinha. Ok, a puberdade ainda te afecta, but whatever. Os teus cabelos lisos que te tapam os olhos, que franginha penso sempre que te vejo. Uma franginha bastante querida, in fact. E com isto, eu já consigo ser um tanto mais feliz. Só com a tua falta de presença e esses miminhos invisíveis que atravessam a escola de uma ponta à outra.


E se o teste de biologia, de amanhã, me corresse bem, seria ainda mais feliz.

5 comentários:

Tânia Monteiro. disse...

Vai correr sim senhor :)
Boa Sorte *

Qéé disse...

ai borges, --

Phantomrider @ disse...

Franjinha. Não franginha --. E man, nada de prontos --' vocês enervam-me!

PauloMitchell disse...

e eu pergunto: e correu bem?

Marta D'Almeida disse...

uma fofa feliz (a)
boa sorte para o teste :)