terça-feira, 26 de outubro de 2010

300.

Viva o 300º post!

Como hoje num blog li, a vida é feita (entre muitas coisas) de riscos. E senão os cometermos, ninguém os cometerá por nós. O problema é que demasiadas vezes dizemos a nós próprios que não devemos correr tal risco mas, e se o fizéssemos? Esta pergunta é algo que eu nunca consigo suportar e, portanto, irei riscar mais a minha vida. Sempre com caneta e não com lápis.

Já agora, queres ir tomar um café comigo?
Porquê?
Por nada, só para conversarmos um bocado.
(...)

4 comentários:

Ki disse...

Hora e local xD

J. disse...

Andas com uns posts muito filosóficos *-)

Phantomrider @ disse...

As palavras do Milhouse ou que o João citou? É que se estás a falar do João quem as disse fui eu e é mais que óbvio que eu sou fofinha x)

Estou a ver que não sou apenas eu que faz do porquê a palavra mais importante à face da Terra.

E é giro a cena dos espermatozoides não é? Amanha a ver se levo pa escola!

[credo tanta coisa o.o]

PauloMitchell disse...

Prefiro arriscar - jogar-me em frente e pintar tudo com caneta do que um dia tentar apagar a borrada que fiz no passado. Ou em vez disso querer voltar atrás para querer tentar.

Ahhh, existem coisas que não valem mesmo a pena!