sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Fernando Pessoa.

"Gato que brincas na rua
Como se fosse na cama,
Invejo a sorte que é tua
Porque nem sorte se chama.
 
Bom servo das leis fatais
Que regem pedras e gentes,
Que tens instintos gerais
E sente só o que sentes.

És feliz porque és assim,
Todo o nada que és é teu.
Eu vejo-me e estou sem mim,
Conheço-me e não sou eu."
 
 

8 comentários:

Daniela disse...

Gostei ♥

"Eu vejo-me e estou sem mim,
Conheço-me e não sou eu."

*.*

Cátiia Bandeira disse...

Lindo Lindo +.+

PauloMitchell disse...

Gosto de autenticidade.

DoceInquietação disse...

Fernando Pessoa? O melhor escritor, o melhor poeta portugues (:

Qéé disse...

agora fazes textos sobre gatos? imitador, :C

Qéé disse...

agora fazes textos sobre gatos? imitador, :C

Phantomrider @ disse...

Um dos meus escritores portugueses favoritos, sem dúvida.

catts ღ disse...

adorei.