terça-feira, 13 de julho de 2010

Compreensão de um grande amor.

É como se fosse uma telenovela, as crises, os problemas, as coisas um tanto fantasiadas, negrumes pouco coloridos, uma brincadeira autêntica. Mas não, não.. É tudo uma verdadeira história. Uma história querida, simpática, amorosa, triste e romântica, de por sorrisos nos lábios e buracos no coração. Uma história de um grande amor, um amor compreensivo.


Tu compreendes'me, tu perdoas'me, tu amas'me, tu completas'me.

19 comentários:

N. # disse...

Que texto lindo : )

Ki disse...

"You give me the kind of feeling people write books about"... ^~

Phantomrider @ disse...

Cólero?! Oh cristo, colo xD

Borginhas disse...

wht ??

Borginhas disse...

tipo.. explica sff

Borginhas disse...

sera que tenho sempre que ter um.. ?

Borginhas disse...

ja agora comento o teu texto..
para já ta giro o problema é que nao da para comentar este tipo de textos.. ya, percebe.se que falas de alguem mas fica.se por ai.. nao posso falar de algo sem saber o que é..

dannó disse...

oh de nada, estou aqui sempre,
para tudo :')

Borginhas disse...

tento ? ou fico encalhada num ?...

tasse (y)

dannó disse...

ohhh <3
eu quero, eu vou conseguir :$

dannó disse...

obrigada *.*

Marilena' disse...

que bonito *

Marta D'Almeida disse...

Fui lá na semana passada :)

Marta D'Almeida disse...

sim :D

Phantomrider @ disse...

não --' rirar fotos a um bocado de um braço que tá roxo, mas isso tem cabimento?

Mel disse...

adorei(:

Phantomrider @ disse...

Tuas, como quem diz

Daniela disse...

Que texto tão fofi *.*

PauloSilva disse...

Há sempre alguém que nos completa; pensamos nós.