sábado, 19 de junho de 2010

Um passo em falso.

Já passaram alguns meses, mas ainda me lembro perfeitamente. 

Nunca me vou esquecer daquela pequena hora passada contigo. Agora, estás longe como sempre estives'te. Longe da vista, longe do coração. Quando permanecemos nas nossas terras, nas nossas casas, nas nossas vidas, ambos nos esquecemos um do outro. Mas quando estamos juntos, as coisas são totalmente diferentes. Ok que só estivemos uma hora juntos, mas foi o suficiente para perceber o que realmente és para mim. Não quero saber que falamos pouco agora, porque já falámos demasiado. Não me interessa que não te sinta agora, porque já senti. Não me importo que agora me ignores, porque já houve o tempo em que não me largavas. Tudo o que já foste, eu tento manter igual.
Agora flutuam na minha mente aquelas imagens tuas. Carinha tímida e gira. Querida e envergonhada. Dizias que tinhas o cabelo numa merda, mas insistia que não. E realmente, não tinhas. E sabes o que mais me recordo? Ou pelo menos o que mais gosto de recordar? O teu toque. Eu já sou trapalhão por natureza, então com nervos..pior. Parece que o pé esquerdo anda para a direita e o direito para a esquerda. Tudo ao mesmo tempo. Depois parece que a força da gravidade actua com maior intensidade nas minhas pernas. Estas, arrastam os pés pelo caminho. Resultado ? Tropeções redobrados! Mas, para grande espanto do meu ser, tu, sempre que eu punha um pé em falso ou tropeçava, já estavas ao meu lado. Ao meu lado, com um braço a segurar'me. Tinha sempre a sensação de que estavas longe, a dois metros, mas bastava o meu pé ficar preso numa raiz ou numa pedra, e antes de conseguir dizer fosse o que fosse, sentia a tua mão no meu braço, a tua mão nas minhas costas, o teu corpo junto ao meu. 

Foi uma hora perfeita, quero mais. Ly'te gémea <3

8 comentários:

Qéé disse...

ohhhh, :#
so sweet

Phantomrider @ disse...

Tenho um dedo que adivinha, mas mais importante que isso... nem sempre te ignoro.

Raquel ♥ * disse...

LOL , ok (x

Anónimo disse...

Bem +.+

Que Lindo... Só não o ponho no meu hi5 porque faziam já uma série de filmes! xD
Acho que está tudo dito mana: foi uma hora extremamente bem passada e tal como disseste, podemos não estar como dantes, mas apesar da chama ter ficado um pouco menor, lá no fundo ela nunca se apagou :) and that's the important :D

Amei estar contigo e tal como tu dizes, eu também senti que tinha o teu apoio (exceptuando a vez em que me atiraste com um ouriço, mas não há-de ser nada :b)!!

Quero repetir, tenho de ir a Sintra, mas desta vez passamos não uma, não duas mas MUITAS horas juntos para que se exterminem as saudades e passar bons momentos, again.

É de facto, uma pena morarmos tão longe, porque isto tem bué impacto na nossa "relação"... Acho que percebeste o que quis dizer, do género, a comunicação é bem mais complicada e blá blá blá :b

xD
AH! não me esqueci do abraço e coise... xDD

AHAHAHAHAH

Love you tu gémea *.*

<3 e obrigado pelo texto, está lindo :b

dannó disse...

Está lindo :o
está mesmo com sentimento <3

PauloSilva disse...

É um texto escrito com puro sentimento de amizade (:

Sei bem o que é: "parece que a força da gravidade actua com maior intensidade nas minhas pernas"

Gosto pouco de ti Alex <3

PauloSilva disse...

Conhecimento de apenas uma? :b

Imagino qual seja.

Raquel ♥ * disse...

não (x