terça-feira, 22 de junho de 2010

Não conseguia.

Ele não a conseguia largar. Inclusive na sua própria mente, ela estava presa. Era como se ele a tivesse encolhido e posto na sua consciência, presa numa vastidão sem fim.

21 comentários:

Marta D'Almeida disse...

verdade

Marta D'Almeida disse...

fui, mas como nao sabia o que dizer, calei-me

Qéé disse...

não capichei nada

Ki disse...

Não a consegues largar? Isso não é bom! xD

dannó disse...

3 dias ?
qe 3 dias ? :O

Marta D'Almeida disse...

é real :$ e nem metade diz, não me consigo explicar :$

Marta D'Almeida disse...

a sério :$$

Marta D'Almeida disse...

é assim que ele é :')

dannó disse...

ahh siim, essa parte,
desculpa eu que não esta a perceber,
mas já lá cheguei :)
mas respondendo.. eu já aguentei 3 e muito mais, por isso quero acreditar que vou continuar a conseguir, já que ele nem sequer aparece de manhã para mos dar .

Marta D'Almeida disse...

não sejas invejoso :$:$ (kiding)

Marta D'Almeida disse...

em casa? nem eu (a)

Marta D'Almeida disse...

TENS SIM TONTINHO :D

Marta D'Almeida disse...

toda a gente é diferente (:

Marta D'Almeida disse...

claro :D

dannó disse...

obrigada fofinho :$

dannó disse...

porque não aparece de manhã, nem a tarde, nem à noite.

dannó disse...

Isso mesmo.
Se tu reparares nos meus posts anteriores alguns deles falam nisso, e desta vez desapareceu mesmo, acho :x

dannó disse...

:'/

dannó disse...

não há problema,
eu gosto de desabafar com alguém *

dannó disse...

eu acho que aquele bocadinho já foi desabafar, e fez-me bem :$

dannó disse...

não há problema *
estás? :O
eu também estou a escrever uma :$'