segunda-feira, 26 de abril de 2010

Nada mais.

Não quero mostrar'me ao mundo, não me quero expor.
Ninguém me ia compreender, ninguém me ia aceitar.
Isto é um mundo cruel, um mundo sem pudor.
Um mundo no qual eu não quero respirar!


Tanta falta de honestidade, sinceriedade, compreensão, sentimentos livres e espontâneos que este mundo contêm. Esta gente é rota, incompleta, má. Só sabem críticar negativamente, iludir, mentir, enganar, deitar abaixo, ser hipócrita, interceira, e a lista continua. Uma pessoa tem que ter o maximo cuidado possível e imaginário que possa ter para não sair magoada. Hoje me dia, socializar e conhecer pessoas é quase como por a mão no fogo e esperar que ele não nos queime a pele. Infelizmente, a maior parte das vezes é assim. Só gostava que as pessoas fossem mais completas de bondade. Gostava que fossem menos queijo suiço, pois só tem maldades e faltam'lhes o melhor que poderiam ter. 
Só gostava de poder soltar a franga e poder mostrar'me a toda a gente tal como sou sem ser criticado uma e outra vez, sem ter que cuidar do perímetro que me rodeia antes de ser atingido por alguma fruta podre ou pedras da calçada. Mas condições para isso, são poucas.
Incompleto é como eu me sinto por não poder soltar a franga em condições. Incompleto. E sinceramente, não gosto disso, não gosto mesmo disso.
Mas tenho eu outro remédio eu senão aceitar isto e fechar a puta da boca?! Não!
Se a abrir vou a alguma lado? Não!


Sendo assim, para quê viver neste mundo ?

1 comentário:

Phantomrider @ disse...

O queijo suiço, é bom tá? Não gosto é do de fondie (ou lá como se escreve --'). Agora, se têm buracos é porque o pior fez puff, tá? u.u