quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Vivo

de, com, em, nostalgias. Diversas, variadas. Mas todas em sí, como uma só.

Sem comentários: